29 de setembro de 2010

Árvore às bolinhas

Esta tela tem uma inovação: terebentina!

Em vez de óleo de linhaça, utilizei este "substituto" não perfeito. Isto porque a maneira de pintar, os traços, a duração da liquidez da tinta são diferentes. Isto condicionou e dificultou a pintura, mas acabou por não ficar pior... De qualquer das formas não volto a inventar, pra próxima compro óleo de linhaça!



Tela 50x40 a óleo e terebentina!

28 de setembro de 2010

Doces Tormentas



Ofereci este livro à minha mãe nos anos. O motivo? Foi escrito pelo maior fazedor de novelas actual portugês - Rui Vilhena.

Peguei nele num daqueles dias em que não restava mais nada para ler e fiquei surpreendida... Li-o em dois dias e fiquei a desejar por mais... Livros como estes deviam ser do tamanho do Amanhecer!


Bem, o livro conta-nos as vidas de 3 casais e das confusões amorosas e sexuais entre eles. É muito divertido e de leitura muito fácil.





Resumo:



"Paulo é casado com Sílvia, que é amante de Carlos, que é marido de Marta, que tem um caso com Ricardo, que vive com Henrique, que está a sair com Paulo. Confuso? As grandes histórias de amor são assim: complicadas. O autor Rui Vilhena, guionista das novelas mais vistas da televisão portuguesa, traz-nos uma comédia romântica apaixonante que nos leva aos meandros do misterioso mundo das relações e dos afectos, onde o tempo pode ser o maior inimigo do amor, mas, por ironia, é também capaz de despertar uma paixão adormecida. Porque nada é o que aparenta, porque nada pode ser tomado como certo, porque no que toca aos sentimentos as surpresas estão em cada esquina, prepare-se para um romance surpreendente e divertido. Uma coisa é certa quando estes três casais amigos se sentaram à mesa do pequeno-almoço, estavam longe de imaginar que aquele não teria um final doce. E que, na ementa, entre doce de laranja e croissants, não faltava uma tentadora mousse de chocolate. "

25 de setembro de 2010

1/2 Abstracto - Parte II

Ora aqui está uma tela "repintada". O resultado inicial não me agradava de todo (ver tela antiga) por isso, dois anos depois, optei por pegar outra vez na tela e tentar melhorá-la. O resultado é, nitidamente, melhor, certo?



Eu gosto bastante...

22 de setembro de 2010

Receita Trocada - Arroz Doce

Será possível andar mais de 20 anos enganada?! Pois... é!
Adoro arroz doce mas sempre que o tentava fazer ficava cru. Eu comia-o na mesma, mas era a única.
Agora aconteceu magia!
Depois de ouvir o Manuel Luis Goucha a falar de arroz doce percebi que estava a trocar a receita e a fazer tudo errado! Como é que uma receita pode, desta maneira, alterar um sabor? Uma textura? Uma tradição? É possível!

Pois para os enganados, como eu, aqui fica a verdadeira receita de Arroz Doce, com o verdadeiro e bom sabor! Porque andamos toda a vida a aprender!

Receita:
1 Chavena de leite
2 Chavenas de água
1 Chavena de arroz
1 Chavena de açucar (um pouco menos)
Casca de 1 limão, canela e sal q.b.




Confecção (aqui está o segredo! - ok, já toda a gente devia, saber menos eu, mas para mim não deixa de ser um segredo!):
Colocar a água num tacho com a casca de limão e o sal. Quando ferver, deita-se o arroz e mexe-se. Deixa-se cozer e quando evaporar toda a água coloca-se o leite. A partir deste momento tem que se estar sempre a mexer. Quando o leite evaporar todo, coloca-se o açucar. Continua-se a mexer por mais uns 5 minutos e desliga-se o fogão. Depois é só colocar em tacinhas ou numa travessa e decorar com canela, depois de arrefecer.


E voilá, é só comer!


Simples, não é? Mas atenção, é coisa para demorar 1hora a fazer! Mas vale o esforço!

20 de setembro de 2010

Milk

É um bom filme que, por ser baseado numa história veridica, nos encanta pela coragem, força e ambição de uns e pelo preconceito desmedido de outros...

Esta história foi baseada na vida real de Harvey Milk (Sean Penn), um político
e activista gay. Em 1978, este revolucionário da forma de pensar de muitos americanos, foi assassinado, deixando um legado de pequenas conquistas para a comunidade gay.

Sinopse:
"Cansado de se esconder de si próprio, Harvey abandona o seu bem remunerado emprego em Wall Street e decide "sair do armário", mudando-se para o distrito Castro em São Francisco com o seu amante de longa data, Scott Smith. Na comunidade colorida de Castro, pequenas vitórias conduzem a outras maiores e Harvey ao falar abertamente para uma maioria silenciosa, acaba por ser o primeiro politico assumidamente homossexual a ganhar umas eleições."

16 de setembro de 2010

Ser português

Muitas vezes se ouve dizer que só se dá valor ao que não se tem... E esta é talvez uma grande verdade.

Estou a passar numa rua, muito movimentada, uma rua importante para um país interio. Istambul, Istiklal Caddesi, 22 horas. Como é possível?! Começo a ouvir uma música... Música portuguesa... Entro na loja e, por entre os livros e CD's turcos a música continua...


(a qualidade do video é má mas dá para perceber a música)



video



Curioso existir no Mundo quem dê mais valor àquilo que "é nosso".

Tenho a certeza que serão poucas as pessoas em Portugal que têm o CD de Dulce Pontes (ok, confesso-me culpada!). Mas a verdade é que ele tocava numa rua movimentada. Fora de Portugal. Porque em Portugal devem estar a tocar outras coisas, estrangueiras...



14 de setembro de 2010

Loja dos Chineses

Existem perconceitos e falsas fés que por vezes nos enganam de forma desmedida.

Aqui há tempos ouvia uma senhora na rua a dizer, acerca das lojas dos chineses: "vieram para cá, fizeram com que as lojas fechassem, com que as fábricas de confecção fossem à falência mas a verdade é que se não fossem as lojas dos chinesses havia muita gente que não tinha onde comprar o essencial".

Esta é uma grande verdade. Se por um lado vieram tirar algo, por outro veem dar também. Só costumo comprar 3 produtos nas lojas dos chineses, fora uma ou outra coisita que de vez enquando vejo e me dá jeito. Compro sempre nos chineses: verniz, telas e lã para trico. O verniz, passo a publicidade, é o verniz risqué que vem do brasil. As telas, segundo inscrição, veem da china... Por fim, a lã, e agora surpreendam-se, é nossa! Sim, é nossa, made in Portugal.

E esta, heim?!

13 de setembro de 2010

Borboleta Azul

Já há algum tempo que tinha prometido à minha prima Catarina que pintávamos um quadro juntas. Pois aqui fica ele, pintado pela mais recente pintora Catarina Carvalho :-)



Tela 25x30 a óleo

12 de setembro de 2010

Elvas


Elvas será sempre a terra de "Oh Elvas Oh Elvas, Badajoz à vista, sou contrabandista, de amor e saudade, transporto no peito, a minha cidade"
E é mesmo verdade, porque dos fortes é possível ver a terra espanhola... Quem fez a música fê-la com gosto!




A visitar:
- Aqueduto da Amoreira
- Forte da Graça
- Forte de Santa Luzia
- Casa da Cultura
- Aljube Eclesiástico

Onde ficar:
Hotel Pousada Santa Luzia
Hotel São João de Deus
Residencial  Luso-Espanhola

Residencial Mocisso
Residencial Garcia da Orta
(para mais indicações o Município de Elvas tem on-line bastante informação)



E aqui fica a música do cantor e compositor Paco Bandeira:

Eu nasci no Alentejo
À beira do Guadiana
Sinto orgulho quando vejo
A paisagem Alentejana

Uma moça da cidade
Chamou-me de provinciano
Eu tenho grande vaidade
De ter nascido alentejano

Eu nasci no Alentejo
À beira do Guadiana
Sinto orgulho quando vejo
A paisagem Alentejana

Óh Elvas, óh Elvas
Badajoz à vista.
Sou contrabandista
De amor e saudade
Transporto no peito
A minha cidade
A minha cidade
A minha cidade



11 de setembro de 2010

Blogs

Alguma vez perderam algum tempo (bastannnnnnte tempo) a vasculhar os blogs que se encontram na net?!

Prarece incrível a quantidade de blogs que existem: de todos os temas, de todos os lados do mundo, em todas as línguas...

E quando nos parece que encontramos o melhor blog de sempre, damos mais uma "voltinha" e lá descobrimos mais um. Cada qual com novas informações, novos conhecimentos, novas culturas e novas ideias. Se existe algo que mereça a pena ser estudado será mesmo o mundo dos blogs. Ao contrário dos livros, mantêm-se actuais e buscam conhecimentos de vários pontos de vista.

Não estou a criticar o livros, longe de mim, mas existem demasiados blogs que mereciam ser transformados em livro. Muitos, mesmo!

O Solista

Gostei imenso deste filme porque conta uma história forte, como existirão muitas por aí...
A interpretação dos dois actores Jamie Foxx e Robert Downey Jr impressiona pela excelente qualidade.


Aqui fica a sinópse:

"Quando o jornalista Steve Lopez vê Nathanlel Ayers a tocar o seu violino de forma tão sentida fica estupefacto. A princípio, é atraído pela oportunidade de fazer dele o tema de mais um dos seus artigos, mas o que descobre sobre o misterioso músico das ruas deixa-o fascinado. Há trinta anos, Ayers tinha sido um aluno de contrabaixo da Juilliard School até que foi vencido por um esgotamento. Quando Lopez o encontra, Ayers está sozinho, perturbado e desconfia de toda a gente, mas ainda é possível ver nele o brilho quando toca. Os dois homens aprendem a comunicar através da música e a amizade vai passar por momentos dolorosos e embora a intenção inicial de Lopez seja salvar Ayers, acaba por constatar que a sua própria vida mudou profundamente."

9 de setembro de 2010

Vila Real de Stº António


Passar por Vila real de Santo António sem visitar a zona ribeirinha, com Espanha do outro lado da margem, e sem comer um belo peixe grelhadinho, não vale!

Com imensas praias para visitar, a cidade do Guadiana oferece tranquilidade e um dia bem passado, com os pês de molho no rio. Ali existe um vasto património natural, tão perto dos grandes centros de turismo do Algarve.

8 de setembro de 2010

The Reader

O Leitor, com Kate Winslet, conta a história de um amor no pós Guerra entre uma mulher e um rapaz, com metade da sua idade. Mostra situações reais e a sua carga emotiva torna o filme angustiante mas muito belo. Vale mesmo a pena ver!

Sinopse:
"Na Alemanha pós-Segunda Grande Guerra Mundial o adolescente Michael Berg está doente, sente-se mal no meio da rua e é ajudado por Hanna, uma estranha com o dobro da sua idade. Michael recupera entretanto da escarlatina e vai à procura de Hanna para agradecer. Ambos são rapidamente arrastados para um apaixonado mas secreto caso amoroso. Michael descobre que Hanna adora que leiam para ela e a relação física entre eles intensifica-se. Hanna deixa-se cativar à medida que Michael lhe lê "A Odisseia", "Huck Finn" e "A Dama do Cachorrinho". Apesar da intensa relação entre eles, um dia Hanna desaparece misteriosamente e Michael fica confuso e de coração partido. Oito anos depois, Michael é um estudante de direito que observa julgamentos de alguns nazis e fica estupefacto ao ver Hanna sentada no banco dos réus. À medida que o passado de Hanna é revelado, Michael desvenda um grande segredo que irá ter impacto na vida de ambos."

O Perfume



Este romance foi escrito por um alemão e publicado em 1985 pela primeira vez. Conta a história de um rapaz de orfanato com um talento impressionante para o cheiro. Consegue distinguir qualquer fragancia e isso leva-o a querer procurar o perfume perfeito. Para tal, este assassinio em série, não vai poupar nas suas técnicas.


É uma história que roça a estupidez e nos põe a pensar em que nível de loucura estaria este escritor. Principalmente quando se vê o filme e tudo o que se imagina no livro se vê convertido em mortes e podridão.


A realidade é que é um livro e um filme com o mérito da capacidade de escrita e de realização no ponto extremo.



Sinopse:
"Em tenra idade se apercebe de que é dotado de um olfacto bastante refinado. Na adolescência, e após conseguir sobreviver às criminosas condições de trabalho de uma tinturaria local, Grenouille inicia-se como aprendiz na perfumaria de Baldini. Rapidamente ultrapassa o mestre na arte de misturar essências, e estas tornam-se a sua obsessão - uma obsessão que o leva a afastar-se da companhia de outros seres humanos..."

7 de setembro de 2010

Istambul, Turkia



Esta viagem fica empatada em primeiro lugar com a viagem a Londres. Istambul é uma cidade mágica, com tanto encanto, e muuuuuita história para se descobrir.


Existe o preconceito de que é uma cidade oriental, onde as mulher usam burcas e os homens são terroristas (eu própria fui para lá com essa ideia) mas a verdade é que é uma cidade com muito para oferecer aos turistas. Não pensem que têm que andar de lemço na cabeça ou tapadas da cabeça aos pés, pelo contrário! No verão o calor torna-se insuportável e convém andar à fresca.

As mesquitas, os palácios dos Sultãos, os passeios debaixo da ponte Europa (para quem não sabe é aponte que liga a Europa à Ásia), os mercados de especiarias, de tapetes, de delícias turcas... E muito, muito, mas mesmo muito mais!

A alimentação é à base de Kebab mas, curiosamente, os pratos e os basores não diferem muito dos nossos (mas não pensem em ir à Pizza Hut à espera de comer pizza com o "nosso" sabor, porque lá carregam-lhe com especiarias, como todas as comidas).

Uma semana é o ideal para se ficar a conhecer as principais atracções do país, que pela minha ordem de preferência são as seguintes:

- Palácio Dolmabahçe e Harém

- Mesquita Azul
- Grande Bazar e Bazar das Especiarias (Egipcio)

- Cruzeiro no Bósforo

- Haghia Sophia

- Museu Arquiológico

- Palácio Topkapi e Harem

Além destas convém também passar vários dias e noites na principal rua da cidade: Istikal Caddesi, onde tudo acontece nas 24 horas do dia, todos os dias!

Também trago na memória a capacidade e a lata dos turcos para nos tentar "enciganar" (sem ofensa), ou seja, querem sempre cobrar-nos o triplo do preço para os produtos, pelo que é obrigatório regatear os preços.
Vale a pena comprar muitas prendinhas, ou melhor, é irresistível não comprar TUDO, principalmente porque tudo nos parece barato!