23 de julho de 2013

Festas em Honra do Sr. dos Aflitos - Soutocico 2013

       Soutocico 2014 AQUI!

Nos próximos dias 2, 3, 4 e 5 de Agosto realizam-se as grandes festas do Soutocico (Arrabal - Leiria) em honra do Senhor dos Aflitos, padroeiro do lugar. Esta festa realiza-se sempre no 1ª Domingo de Agosto e há alguns anos que conta com o Festival do Marisco na 6ª feira, a Prova de Perícia Automóvel no Sábado à tarde e a Missa Campal no Domingo também à tarde. Estes são os três principais marcos desta festa, além destes, a atuação da Filarmónica Senhor dos Aflitos Soutocico (com hora marcada para as 21h30) é também um ponto dos festejos, com uma atuação grandiosa desta banda, com os temos menos convencionais para uma banda filarmónica. O concerto estende-se pela noite dentro, desde o final da tarde de Domingo, e são muitos os "festivaleiros" que não perdem o espetáculo.



Pontos altos da festa:
XIV Festival do Marisco -  decorre na noite de 6ª feira, com muito marisco e cerveja na zona do bar das festas, com a atuação de Fanfarra Farratuga, Banda Tempo e Banda MT 80

Perícia Automóvel  - tem lugar no espaço da fábrica Tosel (logo à entrada do Soutocico) apartir das 15h

Missa Campal - Decorre no largo das festas, ao lado da Capela do Soutocico, às 15h30, seguida de procissão









Deixo abaixo o programa das festas deste ano com um cartaz a não perder!!!!



22 de julho de 2013

19 de julho de 2013

PR - Percurso do Carvalhal

O Percurso Pedestre do Carvalhal está situado maioritariamente no sul da freguesia do Arrabal, passando ainda na freguesia do Reguengo do Fétal, nos limites das Serras de Aire e Candeeiros.



Início/Fim: Soutocico (Arrabal - Leiria)
Coordenadas: N 39° 41.630 W 008° 44.046 (ponto vermelho do mapa)

Tipo: Circular
Extensão: 7 km
Duração: 3 a 4 horas
Dificuldade: 4 (escala de 1 a 5)
Disponibilidade: Todo o ano


Pontos de Interesse:
Zona Agrícola do Vale Maninho
Vistas panorâmicas
Senhora do Monte
Gruta das Abelhas
Fauna predominante: coelho, melro, aves de médio porte, cobras, raposas e abelhas!
Flora predominante: eucalipto, pinheiro, milho e árvores de fruto!

12 de julho de 2013

Prazos de validade dos alimentos – Ainda posso comer?

Hoje o meu almoço foi uma refeição pronta passada da validade… 2 semanas… Acho que me está a doer a barriga…

Resolvi investigar: Será que faz assim tanto mal consumir os alimentos fora da validade? Ou é uma dor psicológica?
O prazo de validade faz sentido em alimentos processados, que sofreram alguma alteração. Por exemplo, na fruta e nos vegetais não é necessário existir validade, a não ser que tenham sido cortados ou embalados.

A validade de alguns produtos apenas garante que quando for consumido terá as melhores condições, não quer dizer que depois disso já não esteja bom para consumo. Quanto menos prazo tiver um produto, menos dias de folga têm para serem consumidos depois do prazo.

Alimentos congelados: desde que sempre mantidos no frio, podem consumir-se mesmo depois da validade, uma vez que foram congelados em condições especiais nas fábricas.
Molhos: a maionese é a mais sensível, mas se o frasco ainda nem foi aberto é possível consumir qualquer um dos  molhos 1 a 2 semanas após o prazo (desde que mantidos em condições de armazenagem ao abrigo da luz e do calor) no caso das conservas de tomate, se já ganhou bolor, o melhor é não usar.
Iogurtes: podem ser comidos 2 ou 3 dias depois, tendo sempre em conta o “ar” que faz levantar a tampa: se tem ar, não deve ser consumido.
Queijos: quando aparece o bolor é sinal que já não está em bom estado para consumo.
Farinha, café, chá, chocolate: Podem ser usados sem qualquer problema anos depois de acabar a validade.
Água: mesmo que se pense que à partida a água não se estraga, tal não é verdade. A “água parada é água estragada” e pode promover o desenvolvimento de micro-organismos, por isso não convém abusar na data de validade.

Tendo sempre em conta as cores, os cheiros e os sabores, existem alimentos que não se estragam no exato dia em que acaba a validade…


Experiencia: Em 2008 um homem  britdecidiu testar até que ponto pode fazer mal consumir os alimentos fora da validade. Esteve 14 dias a comer alimentos, supostamente, estragados e no final, nem uma dorzita de barriga… Será? 
Aqui fica o Menu da experiência de 14 dias:
Day 1: Dois ovos, um dia fora do prazo. «Podem ter salmonela, mas sabem mesmo bem».
Day 2: Salmão, dois dias. «Sinto-me bem. A minha mulher diz que eu sou um imbecil».
Day 3: Pastel de carne, três dias. As sobras ficam para o cão, mas o animal não come.
Day 4: Porco e salsichas, quatro dias. «A minha mulher diz que cheiro mal».
Day 5: Salada de fruta, cinco dias. «Sem consequências».
Day 6: Galinha, seis dias. «A minha mulher reagiu como um vampiro quando vê um crucifixo».
Day 7: Carne picada, uma semana. Alguma preocupação com a cor estranha da carne.
Day 8: Frango com arroz, oito dias.
Day 9: Prato tradicional, nove dias. «Surpreendentemente riquíssimo».
Day 10: Madalenas, dez dias.
Day 11: Prato tradicional, onze dias.
Day 12: Grãos, doze dias. «Estão mais que aceitáveis».
Day 13: Pão, três semanas e meia. «É verde».
Day 14: Cereais, três meses. «Estão comestíveis».


 Para terminar esta pesquisa:

O que me pode acontecer - Uma intoxicação alimentar???

Por ter ingerido alimentos com bactérias posso sofrer nas próximas horas de náuseas, vômitos, diarreia, febre, dor abdominal, cólicas, desidratação, perda de peso e queda da pressão arterial, alterações neurológicas, como visão dupla e dificuldade para focalizar objetos, falar e engolir… ai…acho que não é só prsicológico...

11 de julho de 2013

Coleção - Uma Aventura...


Há uns anos atrás (mais precisamente em 09/12/2009) comecei a fazer a coleção dos livros de "Uma Aventura..." e, por fim, cheguei ao fim da coleção!!!
Está aqui algum dinheiro investido, mas depois de ler cada um deles, são dados como bem empregues... Convém dizer que estão todinhos lidos, todos eles são bons livros e (correndo o risco de me repetir) são de fácil leitura... levando-nos a imaginação para os lugares onde se passa a ação de cada um...

São livros 5*

9 de julho de 2013

Bolo de natas



Deixo aqui mais uma receita de um bolo simples mas saboroso. Leva natas e por isso é diferente dos bolos mais comuns...


Ingredientes:

4 ovos 

1 chávena de açúcar 

1 chávena de farinha 

1 Pacote de natas


Preparação:

Batem-se as gemas com o açúcar e as natas. Junta-se a farinha e as claras batidas em castelo. Vai ao forno em forma untada por 40 minutos a 190º

8 de julho de 2013

Foz de Arelho

Este foi o local escolhido para um fim de semana a banhos nas águas da Lagoa de Óbidos. Montamos a tenda no parque de campismo de Foz de Arelho, a poucos minutos da praia, e fomos rumo à fresquidão da água sob um sol escaldante. Na praia existem alguns bares onde é possível almoçar, jantar ou simplesmente beber uma bebida à noite. Os quiosques ao longo da praia são também perfeitos como comer gelados... muitos...
A cidade também não fica longe: Caldas da Rainha fica a poucos km e tem também muita escolha de restauração e de passeios... Até se pode chegar de comboio, do norte ou do sul do país, logo tão perto da estação, e rumar para a cidade Bordalo Pinheiro, com museus e jardins a visitar e muita doçaria como as cavacas para experimentar.

5 de julho de 2013

Salada de frango

Está uma calor abrasador e nem apetece comer... mas uma saladinha fresquinha cai sempre bem...
Hoje para o almoço fiz uma salada de frango:

Ingredientes:
- Sobras de frango assado ou guisado (costumo
- 1 lata de milho doce
- 1 alface
- Queijo de cabrra curado
- Tostas das pequeninas
- Azeitonas e nozes
- Maionese ou molho Cesar

Preparação:
Depois de lavar a alface, cortar as folhas em tiras (como o caldo verde), colocar numa taça de servir. Juntar o frango desfiado, o milho escorrido, o quijo de cabras ao quadradinhos e as tostas também aos quadradinhos. Por fim, colocam-se as azeitonas e as nozes partidas e rega-se com o molho Cesar ou com um pouco de mostarda. Depois é só servir-se fresquica.

Dicas:
Costumo congelar as sobras de frango e quando preciso, já está pronto a comer, e para fazer a salada, é do melhor!
Para aumentar a consistência da salada também se pode adicionar rúcula ou massa à base e ovos cozidos, cenoura ralada... é só dar largas à imaginação!

3 de julho de 2013

Corrida

Correr... faz bem ao coração, aos pulmões, aos musculos e ao cérebro... emagrece, faz bem aos ossos, melhora o sono, o humor e os efeitos do TPM... combate doenças...
 
 
Antes de iniciar o hábito da corrida, convém saber se existem perigos para a saúde. Um aconselhamento médico pode ajudar a evitar possíveis problemas.
É também essencial criar uma rotina de corrida, mantendo-a para se obter resultados.
 

 
O mais importante da corrida:
-  umas boas sapatilhas, com altura (amortecedores), em vez de sapatilhas rasteiras, para diminuir os risco de lesões na coluna
- fazer alongamentos no final e, de preferência, tomar banho de água fria para relaxar os músculos.
 
 
Mais devagar ou em ritmo acelerado... de manhã, ou ao final da tarde...
O importante é mexer-se, e deixar de lado o mappling!!!

2 de julho de 2013

Praias de Portugal

As praias ainda são um dos melhores bens públicos que temos no nosso país (além do ar!). Permitem passeios e tardes ao sol, descanço, animação, convívio, desporto...

Vou deixar aqui uma (pequena) lista de algumas das melhores praias de Portugal. Haveriam muitas mais para incluir, mas são tantas... ficam aqui algumas...



Porto
Praia de Moledo
Praia de Afife, Viana do Castelo
Praia da Aguçadora, Gaia
Praia do Sindicato, Gaia
Praia Valadares, Gaia
Praia da Aguda, Gaia
Praia da Agudela, Matosinhos
Praia da árvore, Vila do Conde
Praia de A-ver-o-mar, Póvoa de Varzim
Praia Azul, Matozinhos
Praia do Cabo do Mundo, Matosinhos
Praia de Leça da Palmeira, Matosinhos

Aveiro
Praia da Torreira, Murtosa
Praia da Barra, Ílhavo
Praia do Furadouro, Ovar
Praia de São Jacinto
Praia da Vagueira, Vagos
Praia de Esmoriz, Ovar
Praia de Espinho
Praia da Costa Nova, Ílhavo










Coimbra
Praia da Tocha
Praia de Mira
Praia da Leirosa
Praia da Costa de Lavos
Praia da Figueira da Foz
Praia de Quiaios
Praia do Poço da Cruz Mira
Praia do Palheirão
Praia da Cova-Gala
Praia do Cabedelo
 
Leiria
Praia do Baleal Peniche
Praia da Vieira
Praia do Salgado
Praia da Nazaré
Praia de Paredes
Praia da Consolação, Peniche
Praia de São Pedro de Moel
Praia da Foz do Arelho

 Lisboa
Praia da Areia Branca, Lourinhã
Praia do Guincho, Cascais
Praia da Ursa, Colares
Praia do Magoito, Sintra
Praia da Adraga, Sintra
Praia de Carcavelos, Cascais
Praia de São Julião, Ericeira
Praia da Samarra, Sintra
 
Setúbal
Praia da Comporta, Carvalhal
Praia do Portinho da Arrábida
Praia do Meco ou do Moinho de Baixo, Sesimbra
Praia do Galapinhos
Praia de Sesimbra
Praia da Lagoa de Albufeira, Sesimbra
Praia de São Torpes, Sines
Praia de Melides, Grândola
 
Alentejo
Praia do Malhão
Praia da Zambujeira do Mar
Praia de Almograve
Praia de Vila Nova de Milfontes
Praia de Aivados
Praia do Carvalhal
Praia Aberta Pedrógão
Praia das Furnas

 











Algarve
Praia da Ilha da Armona, Olhão
Praia da Ilha de Tavira
Praia da Ilha do Farol, Faro
Praia do Amado, Bordeira
Praia de Beliche, Sagres
Praia da Bordeira, Aljezur
Praia da Cordoama, Vila do Bispo
Praia do Murração, Vila do Bispo
Praia dos Três Castelos, Portimão
Praia da Luz
Praia da Oura, Portimão
Praia de Santa Eulália, Albufeira
Praia de Armação de Pera
Praia Grande de Silves
 
Açores
Praia Baixa da Ribeirinha Lajes do Pico, Ilha do Pico
Praia Ilhéu de Vila Franca, Ilha de São Miguel
Praia Formosa Vila do Porto, Ilha de Santa Maria
Praia Faial Praia do Almoxarife, Ilha do Faial
Praia Fajã Grande, Ilha das Flores
Praia Lombo Gordo Nordeste, Ilha de São Miguel
Praia Moinhos ou Porto Formoso Ribeira Grande, Ilha de São Miguel
Praia Porto Pim Horta, Ilha do Faial
 
Madeira
Praia Porto Santo, Ilha de Porto Santo
Praia Fajã do Mar
Praia Ponta Gorda
Praia Lido
Praia Calhau Miúdo, Ribeira Brava
Praia Fajã dos Padres, Câmara de Lobos
Praia Laje
Praia Piscinas de Porto Moniz


Enfim... é mesmo uma pequena lista, tendo em conta a nossa imensa costa... numa próxima coloco a lista das praias fluviais!!

1 de julho de 2013

SNC - Manual de Contabilidade

Às vezes dá jeito ter à mão uma manual de "sobrevivência", para ver determinadas situações do dia-à-dia. Apesar das leis estarem sempre a mudar, existem bases que se mantêm sempres iguais, e que são importantes não esquecer...


 
Este livro aborda diferentes temas da contabilidade, já com o Sistema de Normalização Contabilística:
 
 
Sinopse:
É um livro que tem por objectivo fornecer conhecimentos necessários à compreensão da contabilidade financeira das entidades, tendo como destinatários estudantes, profissionais e todos aqueles que, de alguma forma, estejam interessados em conhecer quando, como e por quanto é reconhecida, na contabilidade uma operação ou qualquer outro evento que altere a posição financeira e o desempenho económico da entidade.
Nesta 2ª edição, para melhor ilustrar a explanação dos assuntos, foram incluídos os parágrafos das normas do SNC e foram acrescentados vinte e oito novos exemplos práticos. Foram também incluídos novos subpontos. Assim, no ponto 9 - Operações de compra e venda, foi incluído o subponto, "Gestão de Créditos a Clientes - factoring" e no ponto 25 - Aplicações em activos financeiros foi incluído o subponto, "Interesses em empreendimentos conjuntos e investimentos em associadas".  
 
Edição/reimpressão:
Páginas: 364
ISBN: 9789898305275