30 de agosto de 2010

27 de agosto de 2010

E-books

Esta moda dos e-"qualquer coisa" está a tomar proporções interessantes...

E-mail, e-conteúdos, e-escola, e-learning, e-messenger, e-drugs... Há "e-" pra tudo! O "e-" significa somente electronics (as coisas que eu sei!)



A moda do e-book tens os seus prós e contras...

Agrada-me a ideia de não ter que pagar tanto por um livro (sim, todos nós sabemos que os livros em Portugal têm preços incrivelmente altos, não se compreende...). E um livro por 2 ou 3€ é uma pechinxa!

Mas odeio a ideia de deixar de ter os livros fisicamente... Gosto tanto de olhar para as estantes e ver livros e mais livros. não os ver lá, seria uma triateza... Gosto de ver as capas, os seus tamanhos mais variados... Cores e até texturas!



E que tal, baixar o preço dos livros em vez dos disponibilizar em digital?! Eu perferia...

Bem, já agora ficam alqui alguns dos sitios onde se encontram e-books, e-books...

25 de agosto de 2010

Verão na Riviera - Elizabeth Adler


Um livro surpreendente...


Comprei-o por impulso, somente por estar no top 10. Não foi propriamente barato - 15€...


Mas dou-os por bem empregues!

A histórias das várias personagens, o romance, o suspense, as paisagens pradisiacas formam uma mistura de sucesso. E a escritora parece saber disso...


Entretanto vou comprar outro livro de Elizabeth Adler para comprovar.

Sinopse:
"A americana Lola Laforêt pensava que tinha tudo: um casamento estável com Patrick, um francês muito encantador, e o Hotel Riviera, um espaço mágico voltado para o azul do Mediterrâneo, a sua grande paixão. Até que um dia Patrick desaparece misteriosamente sem deixar rasto…
Seis meses depois, Jack Farrar, um americano que passeia pelo mundo a bordo do seu barco, lança âncora na enseada do Hotel Riviera e vai mostrar a Lola o verdadeiro significado do amor.
A atracção entre ambos é imediata, mas, após o que aconteceu com Patrick, Lola receia envolver-se novamente. Será Jack um homem de confiança? Quando a polícia a questiona acerca do paradeiro do marido e, em seguida, várias pessoas suspeitas reivindicam a posse do Hotel Riviera, Lola recorre à ajuda de Jack para encontrar o misterioso Patrick e resolver, de uma vez por todas, o seu futuro. "

ISBN: 9789898228338

23 de agosto de 2010

Vagueira e Costa Nova


Esta "língua de areia" tem muito para nos mostrar... Além da bela paisagem, das casas coloridas dos kilometros de praia, da água fria (geeeelada), da arte xávega, das tradições, da paz, tranquilidade e sossego... Existem parques de campismo onde é respeitado o silêncio!!! Onde não é preciso esperar numa fila para tomar banho...


O parque de campismo da Orbitur na Vagueira fica baratinho e é perfeito para uns dias de descanço completo!



22 de agosto de 2010

Peças de Frutas

Mais uma tela, ou quatro pequenas telas. As cores são semelhantes, ou iguais... os desenhos são meus (hiee!!)

4 Telas a óleo, 15x15

21 de agosto de 2010

Contraluz



O primeiro filme português de produção "Hollywoodesca" surpreende... Podia surpreender mais, se fossem dados os apoios e oportunidades aos "nossos" filmes.


A história (ou as histórias) merecem ser contadas e são, de facto, contadas da melhor forma. O filme peca pelo excesso de falta de movimento.. Pela falta de acção. A fazer lembrar um filme catalogado como "altenativo", mas "Excelente"!


Mas a história realmente vence a escasses de cenas e, talvés, de personagens. Isto, dito por mim, que sou uma leiga!




O post que quero deixar é que é um filme que merece a nossa atenção, tal como todos os filmes portugueses, entre eles destaco os melhores:
- Arte de roubar
- Sorte nula
- Corrupção
- Call girl
- O crime do padre Amaro
- Amo-te Teresa
- Jaime
- A Bela e o Paparazzo
- Tentação
- ...

Para quem quiser saber mais existem sites dedicados aos nossos queridos filmes, ver Filmes Portugueses.

20 de agosto de 2010

Farol


Ora aqui está outra tela recuperada!

A primeira vez que a pintei foi com umas bolas pretas e vermelhas, mas não estava do meu agrado...

Decidi pintar por cima este farol...

Tela 50x20 a óleo

Aveiro

Mais uma escapadela por terras de Portugal! A viagem não foi prepositada mas, como acaba sempre por acontecer, lá fomos nós parar a mais uma terra. Não foi a estreia na terra do sal, das Tripas e das rias, mas foi uma estreia como turistas.
Visitamos verdadeiramente a cidade e até passeamos nos belos barcos, tão caracteristicos: moliceiros!





Vimos os montes de sal (ao que parece, uma actividade em desuso), comemos umas belas tripas com chocolate e fomos felizes! A cidade é muito bonita tanto de dia como de noite e merece ser visitada!



 
Ainda subsiste a tradição em algumas vivências etnográficas, bem como na arquitectura do meio rural da região, onde se fundem várias vertentes da construção tradicional portuguesa materializadas na casa gandaresa. Aveiro conserva também no Alboi e, em particular, no bairro da Beira Mar casas térreas revestidas a azulejo, testemunhos vivos de antigos marnotos.

13 de agosto de 2010

Gato Preto

Estão de volta as telas!!!

Tal como anunciado, voltei a pintar. Aqui fica o recomeço. Um gato preto, em homenagem à Tita!


Já tinha pintado esta tela, mas como o resultado estava desastroso resolvi re-pintar... Não ficou pior, acreditem!!!



Tela a óleo 20x20


E por fim, a verdadeira Tita (achei por bem ficar a memória da melhor gata do mundo):

5 de agosto de 2010

A desilusão

Surge da decepção. Leva-nos ao desencantamento. Mostra-nos a verdade.
Se esperamos demasiado da vida, dos outros ou de nós própios... Iremos cair na desilusão.
Pode durar dias... semanas... para sempre, talvés...
Ou talvés não!

Como a memória é fraca, talvés a desilusão dê lugar a uma nova ilusão. E tudo passa, tudo tem o seu tempo. Nada é eterno, nem a pior das tristesas, das desilusões...




"Feliz do homem que não espera nada, pois nunca terá desilusões"!

(Alexander Pope)